quinta-feira, 31 de Julho de 2014

Coisas giras

Hoje um post para falar de muitas das coisas que gosto, de blogs que sigo e sou viciada, de pratos bons e saudáveis, de sítios lindos que fiquei apaixonada, ou seja um post cheio de dicas e sugestões giras que vão gostar, principalmente agora que o tempo é de férias, ou quase, como é o meu caso. Conto os dias para que a próxima semana passe rápido, para que as férias dos 5 comecem finalmente.Desejosa que as Cs. regressem para as encher de beijinhos, para que a casa volte a ter barulho e confusão, porque os dias sem elas, estão cada vez a custar mais passar.



Os meus gostos de hoje:
  • às nove no meu blogue, cada vez mais viciada, um dos blogs com as imagens mais bonitas e inspiradoras que há. Um blog cheio de dicas, onde tenho descoberto vários novos blogs de mil e um temas diferentes, todos giríssimos. S  tens de me dizer como descobres tanta coisa tão gira, obrigada pelos teus posts que são sempre uma verdadeira inspiração!
Um blog com imagens lindas como estas, que tirei daqui, do blog às nove no meu blogue, onde tenho descoberto muitos outros blogs que são o máximo, principalmente os com sugestões de pratos deliciosos e saudáveis



  • Os weavings da Rita, cada um mais giro do que o outro. Cá em casa já estou a preparar o sítio para "receber" um muito especial. Vejam tudo aqui. Quem mais gostou?
Imagens tiradas do blog MissClementina aqui



  • Este baby shower que também podia ser, um jantar de amigos, um baptizado ou uma festa de anos. Tudo giro, tudo preparado pela J, cheio de carinho e pormenores, de uma forma  simples que mostra que não é preciso muito para fazer uma coisa gira, aliás, Less is more e eu concordo...

Imagem tirada do blog da Violeta Cor de rosa daqui



  • Este livro da Kinfolk que encomendei e deve chegar nos próximos dias, cheio de pratos deliciosos e imagens LINDAS. Desejosa de o levar nestas férias e arranjar momentos para o ver.
Que chegue rápido...



  • Esta casa na Costa Alentejana, que me enviaram e fiquei apaixonada (obrigada por todas as casas que me têm sugerido para uns dias com as Cs, em Agosto, gostei de tantas que vou aqui mostrando também, como sugestão de sítios giros para ficarem, um dia que procurem casa para os lados da Costa Vicentina). Esta é a Casa na Costa Alentejana, onde não me importava de morar. Adorei tudo, decoração, localização, cores, tudo...
Imagens tiradas da página da Casa na Costa Alentejana aqui



  • Esta receita que podemos fazer e comer, mesmo em dieta. Óptima para estes dias de Verão, rápida para quem anda sempre a correr e ligth. Tirei do site da Mafalda, um site giro e cheio de ideias e sugestões deliciosas. Vejam outras receitas aqui.
Dias com Mafalda, uma verdadeira inspiração. Imagem daqui



  • De clutchs giras que me deixaram muito mais leve, sem grandes malas carregadas de porcarias (não digam que é impossível, eu sou mãe de três e consigo). As minhas preferidas, as mais giras e cheias de pinta, são as da More is Better (sou fã de tudo desta marca, espreitem porque vão gostar de muito mais coisa e não só das clutchs). 

Imagens tiradas da página da More is Better aqui



Uma lista de coisas que gosto, uma lista que está sempre a crescer.



Cacomae
Facebook AQUI, Instagram AQUI, Pinterest AQUI

quarta-feira, 30 de Julho de 2014

Um estilo difícil de encontrar...

Quando ficamos fartas de golas, de folhos e modelos clássicos, o estilo boho para elas é o meu preferido. Amo túnicas, vestidos cheios de flores e cores garridas, a mistura de padrões, as rendas e bordados em vestidos brancos mais compridos. O difícil tem sido encontrar, nas marcas portuguesas que tanto adoro, estas peças que ficam o máximo e lhes dão tanta pinta. Para as Cs, tenho um vestido de flores que foi usado pela C. grande e agora está a ser usado pela c. pequenina e pela mini C., a grande vantagem de terem apenas 1 ano e pouco de diferença. Tenho os vestidos brancos, que comprei numa das Vendinhas das mães, as túnicas da TicTac brancas, com flores rosa velho, um vestido de ganga com flores bordadas e pouco mais.
Aposto que se mais mães gostassem deste posts,  algumas marcas portuguesas poderiam começar a inspirar-se neste estilo. Que acham?

Um vestido que adoro, um estilo que cada vez gosto mais, principalmente no Verão...

Zara, antigo, este vestido já foi da C. grande mas não encontrei nenhuma fotografia para mostrar


Este é sem dúvida um estilo que combina com coroas de flores, coroas e penas de índios, colares, chapéus de palha, lenços aos pescoço e alguma imaginação e bom gosto para as combinações.

Algumas inspirações que fui buscar ao meu Pinterest:



Um estilo giro que me apetece cada vez mais usar nas Cs. misturado com outros dias cheios de folhos e golas que continuo a adorar qb




ps - "restos" do fim de semana a 2, mudaram a cabeceira da cama no nosso quarto. Pequenas coisas que fazem a diferença e de vez em quando sabem tão bem. Ficou com um aspecto artesanal que eu gosto e já está a ser pensado para receber uma peça muito especial...

as letras já estiveram em vários sítios da casa, são antigas da AtHome Hobby e foram pintadas de encarnado por mim, o print é uma verdade que queremos lembrar todos os dias




Quem mais gostou?


Cacomae
Facebook AQUI, Instagram AQUI, Pinterest AQUI

segunda-feira, 28 de Julho de 2014

Um post que os maridos vão gostar...

Sexta feira saímos de Lisboa ao final do dia, atravessámos a ponte e fomos em direcção aos barcos de Setúbal, porque a viagem para nós começava aí. A tarde estava óptima, sem vento nenhum, e a pão de forma até condizia com a cor do barco. Valeu a pena esperar pelos dias quentes de Verão para gozar este presente que tinha dado ao H. quando em Maio, fizemos 6 anos de casados. Não passámos despercebidos, e por onde andámos, recebemos buzinadelas, muitos adeus e muitos curiosos para espreitar a carrinha que é o máximo. Quem quiser ver como pode alugar, valores, disponibilidades, cores e extras, veja no site aqui ou página do fb aqui porque digo é ESPECTACULAR e vale a pena, mesmo. Um presente giro, diferente, que tenho a certeza o H. não vai esquecer.

O tempo não era problema, porque este foi o ultimo fim de semana sem crianças, a dois, por isso não havia horas para nada, não havia planos, nem coisas marcados. Fomos ao sabor da nossa vontade, devagar, pois a velocidade máxima aconselhada são os 80km/h, mas também mais rápido tirava a piada toda do passeio. No barco encontrámos uns amigos que nos levaram a jantar ao Folha na Comporta. Tirando as melgas que pareciam milhares, os petiscos e a companhia valeram as picadas.
Continuámos e fomos dormir a S. Torpes, no meio das várias caravanas, porque essa era a única condição que pedi. Sou maricas ao cubo, e parar em lugares lindos, mas sem ninguém, eu não conseguia. O H. percebeu e tirando os vizinhos ao lado, acordámos com uma vista espectacular, com o som das ondas a rebentar na areia, e com a companhia das gaivotas que passeavam na praia. Dormimos tão bem, que conseguimos acordar mais tarde do que acordamos em casa. Cara e dentes lavados, bikini vestido e um optimo pequeno almoço em Porto Covo. Aqui decidimos que a praia nesse dia era a do Malhão. Chegámos tão cedo que a neblina da manhã ainda não tinha levantado, mas passados 30 minutos um dia espectacular, sem vento que nos fez ficar na praia até perto das oito da noite, fez com que este sábado soubesse a verdadeiros dias de férias e não apenas a um simples fim de semana.
Para esse final do dia a  grande surpresa, que tinha preparado para o H. Uma garrafa de vinho que ele adora, dois copos, frases e fotos espalhadas na carrinha. Até velas levei. Foi dos pôr do sol, mais bonitos e românticos, a dois que tivemos. Um tchim-tchim a seis anos maravilhosos, a tantos momentos bons e menos bons a dois. Um tchim-tchim à familia que temos e construímos. Um tchim-tchim às férias que estão quase a chegar.  Mais um Tchim-tchim à vida, o bem mais valioso e precioso que temos. E um último tchim-tchim a tudo o resto, pois se continuássemos a brindar já não sairíamos dali, e a fome era mais que muita.
Voltámos a Porto Covo e jantámos no restaurante, o Marquês, um arroz de peixe maravilhoso (não tão bom como o da F. mas que soube mesmo bem) e umas ameijoas à bulhão pato, que é o petisco da praxe aqui.

Voltámos ao mesmo spot para dormir e acordámos de novo, com a sensação de acordar no paraíso.
O mar subiu e este era um fim de semana de surf, por isso a escolha da praia teve influência de ondas e mar bom. Fomos para os Aivados, uma praia que adoro de onde tenho óptimas recordações das férias que passava com amigos em Porto Covo. Que saudades!
Desta vez saímos a meio da tarde da praia, pois era dia de regresso. Infelizmente não marcámos mais dias, porque a vontade de ficar era enorme e ter de regressar foi um sacrificio, depois desta experiência tão gira.
Primeira paragem de regresso, Trinca Espinhas (como é possível um dos restaurantes mais giros e melhores da zona não servir almoços a um domingo às 15:30h?). Não percebo, mas de barriga vazia, lá continuámos desejosos de encontrar um lugar com bom aspecto para parar.
Feitas as contas ao horário dos barcos de regresso a Setúbal e a pensar na fila enorme que poderíamos apanhar, decidimos aguentar a fome e só almoçar/jantar em Setúbal, numa tasca, a 490 Taberna STB, que me fez perder a cabeça e mandar, por mais um dia, a dieta para o espaço. Ovos mexidos com farinheira, cascas de batata fritas com um molho especial de mostarda e uma morcela de arroz com cebola caramelizada e duas imperiais. Aconselho, nota 10.  De regresso, e agora sim, com horas marcadas para entregar a pão de forma, passámos pela serra da Arrábida, mais um dos sítios lindos de Portugal, com praias tão bonitas que fazem rapidamente esquecer a temperatura fria da água por estes lados, e pudemos ver mais um pôr de sol de Verão, espectacular.
O fim de semana acabou, passou a correr, como tudo quando é bom e se gosta, mas fica a promessa de repetir e desta vez quem sabe com amigos e com as Cs.

Imagens que falam por si...

Até o barco fez pendant com a nossa carrinha pão de forma, da SurfinPortugal...

Uma paz e um sossego matinal que mais tarde não se tem nestas praias tão concorridas

Não esqueci o termos do Atelier da Tufi, com água quente para um café de anúncio


Adoro as cores da Costa Vicentina, adoro Porto Covo e a sua praça principal

Uma camisola Fantasylandstore, porque esta marca tinha de vir na mochila (existem outras cores de estrelas que também são o máximo)


Nós by um estranho 


Quando for grande vou ser top model, até lá...treino


Os últimos a sair da praia, tão bom, tão raro


Tudo preparado para um sunset muito especial, muito romântico só para nós

Pormenores que não esqueci para este momento especial



tchim-tchim a nós, e uma máquina pronta a disparar


Um presente de anos de casados que ele adorou e não vai esquecer tão cedo (não vai que eu não deixo)

Pode não ser o mais privado, pode ser o que de tudo parece pior, mas não é todos os dias que se pode tomar banho ao ar livre, com uma vista espectacular (truque para as meninas:  para tirar o shampoo pedi ao H. que deitasse a água directamente do bidon no meu cabelo, só usei o mini duche para o corpo)

Não foi preciso ir muito longe para ver um pôr de sol lindo, Vila Nova (praia do Malhão)...Portugal no seu melhor

A camisa de ganga, da Vintage Bazaar, que me deixou apaixonada

Banho tomado, creme e perfume posto, aqui vamos nós jantar

A room with a view, please

Lavar os dentes com uma paisagem assim, não é todos os dias, por isso há que aproveitar as coisas menos boas e apreciá-las, verdade?

Também conduzi e adorei

A caminho dos Aivados, com mais um dia de sol e calor 

Este foi o pormenor da pão de forma que o H. mais gostou. Os vidros da frente abrem e a sensação de vento a entrar é maravilhosa

Aivados, uma praia que adoro e tenho tão boas recordações

Revistas de decoração que servem de inspiração quando quero mudar coisas cá em casa, a minha leitura na praia este fim de semana

Tempo de luxo raro para ler o que gosto, numa praia quase deserta (pudera, fomos quase os primeiros a chegar, mas não há melhor, pois não?)

Um fato com uma cor muito gira e óptimo para saber sempre onde está dentro de água (truque bom para não me enganar na hora de tirar fotografias)



H. you rock 

Hora de regressar a casa, com pena porque tínhamos continuado mais uns dias esta aventura a 2

Adorei este kaftan curto da Vintage Bazaar, para mostrar belas pernas que ainda não tenho mas vou conseguir ficar

Terminámos em beleza num restaurante de petiscos que aconselho, em Setúbal, bem perto do barco para quem costuma ir para aquelas bandas




Conselhos para quem vai ou está a pensar alugar uma pão de forma destas:
- Desliguem o complicador, banhos simples, muito creme e dodots, são uma boa solução.
- As idas à casa de banho foram sempre nos restaurantes e cafés (podiam porque tem retrete, por opcção não fomos, percebem porquê, aposto).
- Pouca roupa, pensem que a maior parte do dia estão na praia.
- Deixem o relógio em casa (ou guardem no saco e só voltem a ir buscar perto da hora de regressar).
- Esqueçam as ultrapassagens e aproveitem o bom que é andar devagar.
- Riam dos imprevistos, porque rir é o melhor remédio que há.




ps - O melhor deste fim de semana, o elogio do H. que me chamou " a minha princesa do caravanismo". Valeu uma enorme gargalhada dos dois, só de imaginar a cara dos nossos amigos ao saberem que a mariquinhas do grupo, dormiu na pão de forma, sem medos e ADOROU.

Gostei e vou querer repetir




Cacomae
Facebook AQUI, Instagram AQUI, Pinterest AQUI

Um bocadinho de como foi...

Se tivesse de dizer em apenas uma palavra como foi o nosso fim de semana, na pão de forma SurfinPortugal, dizia E-S-P-E-C-T-A-C-U-L-A-R.
Andámos pelas praias do Malhão e Aivados, jantámos na Comporta e em Porto Covo e dormimos com a melhor vista e o melhor som que se pode querer.
Conto tudo amanhã num post cheio de fotografias, dicas e sugestões para uma aventura de sonho, porque hoje estou mesmo cansada.





Carrinha pão de forma, Verónica: SurfinPortugal
Túnica: Vintage bazaar
Põr do sol: Praia do Malhão



Dá vontade, não dá?



Cacomae
Facebook AQUI, Instagram AQUI, Pinterest AQUI