terça-feira, 16 de Setembro de 2014

Mãe, eu tenho um namorado

Eu bem digo que não estou preparada para as ver crescer assim tão rápido. Hoje de manhã ao pequeno almoço tive o primeiro choque como mãe. Choque sim, para mim foi um choque, a sorte foi que quando a C. grande me disse que tinha um namorado, eu estava sentada. Sentada e numa cadeira encostada à parede, porque nesse segundo, achei que se estivesse em pé caía estatelada no chão. Exagero, dizem muitas! Claro que é, mas juro do fundo do meu coração, que ODIEI a novidade. Mesmo que seja em modo de brincadeira, mesmo que só dê (ela não me ia mentir, espero) beijinhos na cara, e um, apenas um logo de manhã, jurou ela (no meu tempo, quem mais jura, mais mente), mesmo assim, eu não achei graça nenhuma.
Onde estão as meninas de cinco anos que era suposto brincarem com bonecas, que deviam estar a saltar à corda, a jogar ao elástico e ao macaquinho do chinês?
Penso tantas vezes nas diferenças enormes que há, da criança que fui e das crianças de agora!!
Fico tão assustada com tanta informação, muito mais acessível, que acho desnecessária saberem tão cedo.
 Agora sou mãe, e sei que nunca mais vou dormir descansada.

- Tenho um namorado, porque ele não tinha namorada e eu também não, ele quis ser meu namorado e eu disse que sim!!!

Acho que vou tomar um banho de imersão, vou acender velas e fingir que estou zen, a ver se me esqueço desta nova informação, que achei só ter de ouvir quando ela tivesse os 14 anos.



Hoje percebi que sou mega, hiper mãe galinha, não quero que nenhum dos meus pintainhos fuja da minha asa NUNCA


Pelo menos não sabe quem é a Violeta e não me fez ir 5 horas para uma fila gigante. Ufa, uma coisa boa!



ps - a mini C. já vem ao telefone e diz:
- Tá, tá, olá!!!
Adivinhem quem está ela a imitar? A C. pequenina passa os dias em casa a fingir que fala ao telemóvel, até os tachos e os copos da cozinha de brincar servem de telefone. Mais duas a crescer, cheias de novas tecnologias, muito espevitadas e espertalhonas.




Cacomae
Facebook AQUI, Instagram AQUI, Pinterest AQUI

segunda-feira, 15 de Setembro de 2014

Quando perder é ganhar

A vida é feita de perdas e ganhos, é feita de coisas boas e coisas más. Só nós podemos gerir e fazer com que cada situação, que parece menos boa, se torne o melhor que há.
Este é aliás, uma espécie de exercício que faço e tento ensinar também a elas, quando me vêm contar coisas menos boas que lhes aconteceram.
Nada como tirar partido das coisas feias e más, como por exemplo:
  • A semana passada não consegui ir ao VFNO ( a noite mais fashion e chique de Lisboa), mas nesse dia, consegui ver uma regata, num final de tarde espectacular e recordar tantas coisas boas que este desporto  e estes barcos me fazem lembrar, amigos e férias que nunca mais vou esquecer. 




um dia, faço férias com as Cs e com o H. num barco à vela...


  • Quando tudo estava combinado para uma noite romântica a dois, mas a noite termina em casa com uma loira no sofá, não sonhava a noite de séries boas que ia ver. Acordei com umas olheiras gigantes e  com uma tremenda dor de costas, mas recebi o maior elogio da minha filha mais velha, que mesmo assim me disse que eu estava muito gira.
Matchy-matchy com as camisas de noite Sleeping CHIC



  • Parar o carro e ter de levar ao colo duas miúdas a dormir, carregar no botão do elevador e ver que não funciona, subir com as duas as escadas foi um exercício que me fez ficar o resto da tarde no sofá, não ir correr e evitar uma enorme molha em cima.
apaixonada por estes dois ténis da Nike e que jeito me davam para as corridas, já que os meus de tanto correr estão a ficar tão gastos...wish list


  • Ter uma filha do meio com medo do mar que não alinha nas surfadas com o pai. Ele fica triste, mas eu acho que é óptimo para receber os miminhos todos sem ter de partilhar atenções com mais ninguém.
just me&C.pequenina enquanto a irmã surfava com o pai
Tanga: DOT (uma verdadeira paixão de Verão)


  • Ninguém esperava um mês de Setembro tão anormal e tão cinzento. As manhãs têm sido feias e o céu azul teima em não aparecer num dos meses que mais gostamos para fazer praia. Ok, acabaram-se as correrias matinais de fim de semana para fugir ao transito da ponte e chegar à praia a horas que o sol faz bem. Temos aproveitado as manhãs, para grandes pequenos almoços e brincadeiras com as Cs, em casa.
Um puf que serve de trono quando se querem achar importantes, é da Missanga e continuo a adorar


Com elas o treino passa mais pelo:
- Oh mãe hoje a X não quis brincar comigo!
- Então e tu que fizeste, brincaste mais com a Y? Que sorte assim podes ter muito mais amigas com quem brincar.

- Oh mãe hoje estava a chover e não fomos brincar no recreio, foi mesmo uma chatice!
- A sério?! Mas assim a professora pode ensinar coisas novas mais um bocadinho! Também é bom saber coisas novas não é?


Acho que muitas crianças estão mal habituadas, culpa nossa, é um facto, que queremos facilitar a vida deles, mas esquecemos que mesmo as crianças devem perceber desde novas, que nem tudo é como queremos, nem tudo o que se quer se pode ter.




ps - Apaixonada pelas coisas giras que começaram a aparecer das novas colecções, coisas que já apetecem ter no armário para estes dias com sabor a Outono

Uma cor que adoro, 3 marcas que sou fã com peças que amei para o armário das Cs
Camisola: Peixinho do Mar
Botins: Zippy




Para eles porque os rapazes também têm coisas giras para escolher
Calções: Maria Gorda
Camisa: Tic Tac babies
Ténis: Zippy


Boa semana, mesmo que o tempo continue a pregar partidas.



Cacomae
Facebook AQUI, Instagram AQUI, Pinterest AQUI

quinta-feira, 11 de Setembro de 2014

Um obrigada muito especial à antiga professora da Conchinha

Este é sem dúvida um obrigada muito grande e muito especial, porque se quando era sua aluna eu já via a óptima professora que era, agora que mudou de colégio e que mostra o que aprendeu, não tenho a menor dúvida do quanto estou agradecida.
Obrigada por todo o carinho que sempre deu à nossa reguila, que ainda hoje perguntou pela Professora E. que era tão querida.
Obrigada pela personalidade que ajudou a vincar que é a mais marcantes das 3, pelo menos por agora.
Obrigada pelos obrigadas que ensinou cada vez que alguém lhe dá e oferece alguma coisa, pois é raro esquecer-se.
Obrigada pelas vezes que disse que tinha de arrumar os brinquedos que desarrumou, é raro fazer má cara quando pedimos para o fazer e nota-se que percebe e entende porque o tem de fazer.
Obrigada pelos sorrisos que faz cada vez que ouve uma história, não há dia que não peça e diga a frase final que aprendeu no colégio, com o sorriso mais feliz que podemos ver.
Obrigada pela forma como se comporta à mesa, pela forma como come sozinha sem ajudas e sem grandes demoras, nota-se que teve quem lhe fizesse ver que à mesa não se deve fazer porcaria.
Obrigada pela satisfação com que continua acordar para ir para o colégio, pois para ela é das melhores coisas que lhe podemos dizer que vai fazer.
Obrigada por todos os elogios que temos ouvido toda a semana no novo colégio, pela forma como se comporta na sala, pela forma como faz as coisas e interage com os outros meninos. Todos dizem que é muito bem educada.

Ou seja, querida E. muito, muito obrigada, do fundo do coração, pelos dois anos que a C. pequenina pode aprender  e estar consigo. Continue a ser a professora querida, a professora que mostra cara feia se fazem asneira, que mostra um enorme sorriso carinhoso quando vão a chorar, que elogia e abraça quando fazem o certo e o que é pedido, que os recebe sempre com um bom dia que ela continua a lembrar. Uma professora cheia de amor para dar, com uma alegria e um prazer enorme naquilo que faz.
É isso que procuramos quando escolhemos um colégio, quando os levamos pela mão no primeiro dia de aulas, que esperamos quando os deixamos todas as manhãs. Queremos que os nossos filhos aprendam de uma forma feliz a serem crianças felizes, com regras, com princípios, mas principalmente rodeados do amor e atenção que merecem todas as crianças.

Querida E. a Conchinha está cheia de saudades, manda muitos beijinhos e um xi coração bem apertado, daqueles que dava quando chegava todas as manhãs.
Um colégio que vou guardar sempre no meu coração, uma escolha acertada por onde começaram as 3 e onde foram muito felizes.


Uma espécie de "apanhados" das caras que tanto nos fazem rir, das caras que sei que a E. adorava...
Um presente especial, para matar saudades...

















Um post que poderá ser um OBRIGADA geral a todas as professoras que adoram ensinar e a quem entregamos os nossos filhos todos os dias.


Cacomae
Facebook AQUI, Instagram AQUI, Pinterest AQUI



A mini C. já anda

Só não deitaram foguetes porque não podem, porque não há e porque era um exagero, mas a vontade das manas mais velhas foi essa, porque a mini C. já anda. Não dá um passinho ou dois, de um dia para o outro começou a andar sem parar e fica tão contente que até bate palmas. Contente ela, contente as irmãs e contentes nós, claro. Como passa a correr, ainda ontem era um bebé de colo! Agora sim, apetecia congelar estes momentos e fazer com que andassem muito mais devagar. Já disse e repito, não quero ter mais bebés, mas gozar esta última está a dar-me um prazer diferente (não é melhor, não é mais intenso, não é um amor maior, nem pensar, longe, muito longe disso, para infelicidade das más línguas que acham que gosto mais desta porque é loira de olho azul), é um prazer prolongado de quem sabe  que não vai voltar a saborear estes pequenos grandes momentos, estes feitos e estas coisas que tornam os nossos dias, dias felizes a 5.

Fomos comemorar e mostrar à mini C. um cantinho especial onde as Cs mais crescidas gostam de brincar e explorar.

Um momento especial com uma camisa nova, igual para as três (para a C. pequenina e para a mini C. vou fazer uma pequena bainha porque estão um bocadinho compridas e eu gosto mais curtas), que mostra perfeitamente que less is more. Vai ser de certeza uma das que mais vão usar este Inverno. Vai ficar gira com gangas (calças e calções), com saias, jardineiras, para ocasiões chiques e outras mais casuais. A camisa é da loja Letras Bordadas, que mais uma vez apostou no clássico intemporal com pormenores muito bonitos, que eu adorei.

Less is more...










A Conchinha acha que a mini C. parece um robot a andar e anda atrás dela a fazer igual,  a Carlota é o polícia que vê se ela não a faz cair...as gargalhadas são demais








Um dia cinzento, até na cor das fotografias que ficam muito mais giras em dias de sol, mas que para nós acabou cheio de côr com a mini C. a andar

Camisas e meias Condor caneladas (para mim as melhores meias e as de melhor qualidade): Letras Bordadas
Sapatos de carneira com fivela: Pé de pato





Cacomae
Facebook AQUI, Instagram AQUI, Pinterest AQUI


terça-feira, 9 de Setembro de 2014

A última compra de Verão

A última compra deste Verão, uma peça que até a mim me conquistou (foram precisos 5 anos, mas como se costuma dizer, mais vale tarde que nunca), umas tangas para a praia, desta vez em azul de uma loja que é linda e tem sempre coisas lindas, a Mini By Luna. Esta loja LINDA está quase, quase a mudar de sítio. Vai ficar bem pertinho de onde é a loja actual, mas preparem-se as mães, porque às coisas giras para os miúdos, vai juntar-se coisas giras para nós mães (atenção, não são giras, são lindas) e coisas giras para as nossas casas, porque vai ser enorme. Ai que um aumento vinha mesmo a calhar...

As Cs. usaram e abusaram este Verão das tangas da DOT, são o máximo e quando vi estas azuis achei que era uma óptima compra, para juntar às únicas que tinham.

Domingo, foi um dia TOP de praia, com a água mais quente deste Verão com poucos convencidos, depois da manhã horrível que adivinhava um dia de temporal. Foi o último dia de férias das Cs, que segunda voltavam ao colégio, cheias de energia, com um bronze lindo e espero, com as defesas todas para enfrentar mais um Inverno.
Os dias de praia não acabaram, pelo menos para nós, mas apanhar muitos como o deste domingo, não acredito. Desta vez, tenho de agradecer à novas tecnologias, ao computador e às câmaras instaladas para os viciados do surf, porque se não fossem elas, teria passado o domingo com camisola vestida e botins nos pés.

Uma tanga azul, para um dia que acordou cinzento...








Uma praia quase vazia (quando chegámos não tinha ninguém), para estas duas correrem, pularem e brincarem com mais uma tanga girissima, a última compra deste Verão
Tanga: Mini by luna




ps - Há uma loja que ando perdidamente apaixonada, mas desta vez não só pelas roupas giríssimas que tem, mas também pelas peças de decoração que vende. Continuando o mood azul, a mistura do antigo com o moderno, vale a pena espreitar as lojas Vintage Bazaar, porque vão encontrar peças lindas para terem em casa.

Adoro azul, e adoro as peças de decoração que a loja Vintage Bazaar vende. São LINDAS


pss - A tenda que prometi fazer às Cs, mais uma ideia gira para fazer com eles. Não é o máximo?

Adoro...




Cacomae
Facebook AQUI, Instagram AQUI, Pinterest AQUI